Matheus Portela

Uma lição de sustentabilidade

“Algumas vezes, a gente dá muita importância para os desafios e vai deixando os sonhos morrerem como se eles nunca tivessem existido.” - Bruno Antunes

A história de hoje começa de maneira trágica: Fernando foi preso aos 27 anos e condenado a 19 anos de prisão. Ao sair do presídio, ele tinha como meta mudar a história da sua vida e das pessoas ao seu redor.

Qual a chance de Fernando alcançar o seu objetivo? De acordo com o CNJ, menos de 30% uma vez que cerca de 70% dos ex-detentos reincidem em atividades criminosas. Mesmo assim, decidiu tentar a própria sorte e montou a cooperativa Sonho de Liberdade para produzir bolas de futebol, ofício que aprendeu no presídio.

Há quem diga que a sorte não existe, sendo apenas uma questão de aproveitar as oportunidades. Ao perceber que toneladas de madeira eram completamente desperdiçadas em um lixão, Fernando resolveu que algo precisava ser feito. Assim, começou a produzir compensados e estacas de madeira reutilizada com aquele material.

Nesse momento, dois personagens entram na narrativa: Thiago, designer, e Bruno, administrador. Thiago tinha design sócio-ambiental como tema do seu trabalho de conclusão de curso. Em parceria com Fernando, ambos desenvolveram uma linha de móveis a partir da madeira reutilizada para agregar valor ao trabalho da cooperativa e desenvolver produtos comercialmente atraentes. Bruno, por sua vez, prestava consultoria para empreendimentos sociais e percebeu o potencial financeiro da linha de móveis criada pelo Thiago. Assim, poderia entrar com sua experiência de mercado para comercializar os produtos da cooperativa.

Da união desses três personagens e dos sonhos de cada um, surgiu a Baru, uma empresa que possui, em seu alicerce, princípios da sustentabilidade, da economia solidária e do comércio justo. Batalhando pelo seu espaço em Brasília, uma cidade sem tradição na indústria moveleira, em menos de um ano a Baru tornou-se um dos empreendimentos mais influentes da sua área, com constante exposição na mídia e em eventos de design.

Baru

Fernando, Thiago e Bruno decidiram fazer a diferença. Apesar de todos os desafios que surgiram, os três persistiram nessa caminhada e, hoje, impactam positivamente a vida de mais de 80 cooperados. A história deles, que ainda está longe de acabar, é uma inspiração para que todos nós lutemos pelos nossos sonhos e transformemos o impossível em possível.

“Ou a gente simplesmente guarda aquele nosso sonho, aquela nossa vontade (…), acha que o desafio vai ser muito maior do que a gente tem condições de enfrentar, ou a gente tem a segunda opção: correr atrás dele, perceber que o desafio vai existir, vai fazer parte da sua vida só que, ao longo do processo, quanto mais você vai tentando, mais oportunidades vão surgindo.” - Thiago Lucas